+55 19 | 2514-9900

Treinamento comportamental: 7 motivos para praticá-lo

Saber lidar com as emoções, conflitos e relacionamentos no ambiente de trabalho é premissa para uma carreira de sucesso. É que de nada adianta ser um profissional extremamente técnico e de grandes entregas se a habilidade de se inter-relacionar não está consolidada.

Hoje, a pressão por resultados é imensa em líderes e subordinados. Por isso, além das relações, é necessário trabalhar a inteligência emocional. Tomadas de decisão, buscas por metas agressivas e cobranças pela alta performance exigem esse autocontrole dos colaboradores.

É de responsabilidade da área de recursos humanos desenvolver o treinamento comportamental nas empresas, que consiste em técnicas e atividades que estimulam aspectos emocionais e motivacionais.

As vantagens são muitas: contribuição para um ótimo ambiente de trabalho, cumprimento de regras e metas da empresa, além da melhora na qualidade de vida e bem-estar dos funcionários.

A seguir, você conhecerá sete motivos que vão convencê-lo a investir em treinamentos comportamentais e melhorar tanto o clima organizacional como a produtividade dos colaboradores. Confira!

1. Melhora a comunicação

Comunicar-se de forma transparente é essencial para uma organização que pretende estimular as relações interpessoais. E isso inclui não só o quadro de funcionários, como também o mercado. Afinal, muitos profissionais estão em contato direto com clientes e prospects, e cabe a eles transmitir de maneira clara o que a empresa quer passar.

Do lado de dentro da companhia, deve-se encorajar as pessoas a falar abertamente sobre suas atividades, dúvidas e dificuldades. Estimular um ambiente de comunicação clara e fluida melhora a experiência e a convivência de colaboradores e equipes.

2. Desenvolve hábitos positivos

Os treinamentos corporativos também ajudam a encarar problemas e conflitos de forma positiva. Muitas vezes, é fácil para um colaborador entrar numa sintonia de comodismo e improdutividade, por isso trabalhar o lado comportamental a fim de encarar as tarefas do dia a dia de forma benéfica é bastante importante.

Sua empresa passa a desenvolver hábitos que vão melhorar a produtividade, harmonizar o clima organizacional e diminuir riscos de acidente e absenteísmo.

3. Motiva os funcionários

Motivação leva ao engajamento e ao comprometimento. Portanto, manter o alto nível de motivação na empresa é mais do que interessante. Nesse contexto, o foco dos treinamentos comportamentais deve ser nas lideranças da organização.

São os gestores os principais responsáveis, o termômetro, de um ambiente leve e produtivo, ou tóxico e moroso. Invista em seus líderes.

4. Elimina (ou quase) conflitos

Competitividade e ego levam a conflitos. Isso é natural do ser humano. E, claro, no ambiente de trabalho não poderia ser diferente. Mas, com treinamentos comportamentais, a ideia é elevar a maturidade das relações entre funcionários, evitando embates, disputas desnecessárias e um ambiente carregado.

5. Aprimora a liderança

Muitas empresas desperdiçam profissionais talentosos porque, ao serem promovidos a um cargo de gestão, não estão emocionalmente preparados. A carga da função pode ser pesada para muitos, e cabe ao lado comportamental melhorar esse aspecto.

Autocontrole, mediação de conflitos e pulso nas tomadas de decisão são alguns dos aspectos que podem ser trabalhados nos treinamentos para líderes.

6. Promove a qualidade de vida

Funcionários seguros de si e valorizados emocionalmente produzem mais e são mais felizes. Trabalhar esses aspectos, assim como permitir a flexibilidade de horário de trabalho, são formas simples e que funcionam muito bem.

Permitir que as pessoas encontrem o seu equilíbrio individual tanto no trabalho como fora dele trará bons resultados para o empregador.

7. Desenvolve a gestão do tempo

No contexto corporativo, saber gerir o tempo não significa chegar sem atrasos ao trabalho. Essa questão diz respeito às habilidades de se organizar e executar as atividades nos prazos pré-estabelecidos.

Claro, tudo isso pode ser melhorado com a questão emocional. Equipes, assim como líderes, que fazem a boa administração do tempo são mais produtivas, obviamente. Uma dica aqui é estimular, nos treinamentos, maneiras de as pessoas se organizarem melhor nas tarefas do dia a dia.

Conclusão

Como você deve ter notado, o bom desenvolvimento da esfera comportamental no ambiente de trabalho impacta muitos temas. Atualmente, os profissionais esperam esse respaldo da empresa. As que já executam ações do tipo saem na frente, atraindo e retendo os melhores talentos disponíveis no mercado de trabalho.