Mobile Learning: A Tecnologia que está Redefinindo a Capacitação nas Empresas

Vivemos um momento de muita rapidez no desenvolvimento de novas tecnologias e com isso, muita coisa está mudando nas empresas. Hoje tudo está ao alcance das nossas mãos graças ao celular e a internet. E por que não fazer dessa ferramenta, uma nova plataforma para treinar colaboradores? Pois essa tecnologia existe e se chama Mobile Learning, já falamos um pouquinho dela aqui.

Era muito comum as empresas realizarem cursos e treinamentos via computador, o chamado e-learning. O mobile learning, vem como um sucessor e uma revolução devido às necessidades de locomoção e tempo. Um dos fatores que mostram uma tendência do mobile learning no mundo corporativo é que o número de computadores vendidos no mundo está caindo, só no ano passado as vendas de PC diminuíram 10,4%, segundo a consultoria IDC.

 

Em compensação os celulares e tablets estão começando a dominar a nossa vida. De 2013 para 2014, o percentual de acessos a Internet no Brasil por celular saltou de 53,6% para 80,4%, e até o ano passado existiam 283,5 milhões de linhas ativas.

Mas como funciona exatamente um treinamento via celular? É realmente funcional? É normal que uma nova tecnóloga traga tantos questionamentos, mas estudos e pesquisas indicam que 7 em cada 10 empresas americanas entrevistadas pelo relatório In Focus de 2014 adotavam soluções de aprendizado mobile, um aumento de 24% com relação ao ano anterior.

[youtube v=”6tU5NImkR0U”]

 

Com o mobile learning a empresa pode dar mais liberdade para os colaboradores realizarem treinamentos e se capacitarem. O conteúdo fica disponível para ser acessado de qualquer lugar e a qualquer hora, sem contar que os celulares hoje são de alta tecnologia e suportam diversos formatos como vídeos, apresentações, textos, testes e etc.

“As pessoas hoje estão conectadas online através dos seus aparelhos celulares, já fazem seu uso para tarefas da vida cotidiana, otimizando processo, ocupando seus tempos de espera com atividades uteis, tais como estudando e participando de atividades de treinamento. Explica Dorian Guimaraes.

A estratégia de oferta do conteúdo através do celular deve ser pensada para diversos públicos, já que em uma empresa as capacitações são oferecidas para pessoas de várias idades. Isso pode parecer um obstáculo, mas o importante é adequar o conteúdo para que seja simples, fácil, dinâmico e intuitivo.

 

E como deve ser um conteúdo para capacitação no celular? Haverá um professor ensinando com vídeos longos de 15 ou 20 minutos? E as distrações que podem tirar o foco do colaborador? E como vou avaliar o desempenho deles? Abaixo separamos alguns esclarecimentos e dicas sobre como selecionar e produzir o conteúdo para um treinamento via mobile.

  • Nem todo conteúdo online conta com professores. De acordo com a pesquisa da ABTD (Apenas 24% do total de cursos EAD contam com professores, já o autotreinamento lidera o segmento com 76%. É necessário entender que o mobile learning dá ao funcionário mais liberdade para aprender, ele mesmo irá se gerenciar para aprender e cumprir com os objetivos e isso vai estimulá-lo a ser mais ativo.

  • Na frente de um computador, é possível se concentrar em alguma atividade por mais tempo, cerca de 30 minutos. Porém no celular, que é muito mais dinâmico, esse tempo de concentração é bem menor e a solução é sempre investir numa técnica chamada micro learning, que são como pílulas de conteúdo. No mobile learning a melhor forma é fazer com que o colaborador aprenda por etapas, e que elas durem no máximo 7 minutos.

  • As empresas responsáveis por desenvolver os conteúdos do treinamento poderão montar diversas formas de avaliar o colaborador. Pode ser através de provas, de número de etapas cumpridas, qualquer outra forma. Por serem treinamentos feitos via mobile, a empresa sempre poderá ter um controle disso online também. E tudo que é ensinado será colocado em prática, que é onde o gestor saberá como tem disso o desempenho do colaborador. Por isso, é importante a avaliação da empresa no dia a dia também.

Os métodos de ensino-aprendizagem como vocês podem ver, estão passando por uma grande revolução por diversos fatores, falta de tempo, dificuldade de locomoção, imediatismo, mas muito porque graças à tecnologia estamos cada vez mais próximos, cada vez mais temos a possibilidade de ter ferramentas que nos auxiliam na tela do celular. É preciso repensar os processos de capacitação e trazer para a empresa soluções que caminhem com o mundo moderno.

A ISAT é especializada em educação digital e conta com soluções de mobile learning e um robusto sistemas de gerenciamento de aprendizado, conhecidos como LMS (Learning Management Systems).

Conheça mais sobre nossas soluções

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *