Eventos online: 5 dicas essenciais para criá-los na sua empresa

Eventos online: 5 dicas essenciais para criá-los na sua empresa

 

Quantos convites para conferir eventos online você recebeu em sua caixa de entrada no último mês? Provavelmente não foram poucos, certo?

Seja para redes internas ou canais públicos, a transmissão ao vivo de eventos é prática cada vez mais comum nas empresas. Barateamento das tecnologias, crescimento dos gadgets mobile e a popularização do streaming são algumas das principais razões para o sucesso do modelo. Mas, talvez mais importante do que esses fatores, é a capacidade de atingir qualquer público, em qualquer lugar.

De acordo com a companhia de TI e redes Cisco, até 2020 os conteúdos em vídeos responderão por 75% de todo o tráfego de dados móveis da internet. Ou seja, naturalmente, todas as organizações se adaptarão a promover eventos digitais – inclusive a sua.

Nada impede que o costumeiro evento presencial coexista com essa prática, mas o modelo digital tem suas vantagens: redução de custos, aumento do alcance de público e mensuração ágil dos resultados, pra dizer somente algumas delas.

Porém, criar um evento online de qualidade, seja uma palestra, congresso ou treinamento, depende de planejamento prévio e ações bem construídas tanto para divulgação como para execução.

Por isso, neste artigo, você vai conhecer cinco dicas que não podem deixar de ser aplicadas na produção de eventos corporativos online.

 

1. Ofereça conteúdo relevante

Como em qualquer evento de sucesso, para atrair o público, você deve oferecer algo que gere expectativa e interesse. E uma enorme parcela disso passa pelo conteúdo.

Primeiro, procure saber o que o seu público anseia por conferir. Fique atento às dores e principais dúvidas do mercado, para promover temas que estejam em alta .

Já ouviu dizer que, no meio digital, conteúdo é rei? Em organização de eventos empresariais online, a máxima também se aplica.

Uma transmissão que não tenha conteúdo rico e que não prenda o espectador vai desprestigiar a marca da sua empresa. Ou, caso seja algum evento interno, o modelo pode facilmente perder crédito com os colaboradores.

 

2. Escolha a ferramenta mais adequada

Nos últimos anos, com o crescimento das transmissões streaming, surgiram inúmeras plataformas de eventos.

É exatamente por conta dessa grande oferta que você precisa se atentar a qual se adequa mais às necessidades da sua transmissão, mas também do seu público. Por exemplo, de nada adianta transmitir um evento no formato live, no Facebook, se as pessoas convidadas não fazem parte da rede social.

Escolha uma estrutura confiável e segura para que todos os participantes consigam acessá-lo de forma simples, rápida e fácil. Nesse sentido, os webinars (ferramentas pagas) vêm conquistando grande espaço no mercado corporativo.

Mas existem outras opções viáveis e acessíveis, como Google Hangouts, Livestream e YouTube Live. Mesmo que o espectador tenha alguma dificuldade com as ferramentas ou algum problema de internet no momento do evento, é possível garantir que o conteúdo chegue a ele, uma vez que a grande maioria desses serviços oferece a disponibilização OnDemand do conteúdo após o término da transmissão, podendo ser visto quando quiser.

 

3. Garanta conexão e equipamentos adequados

A qualidade de transmissão dos seus eventos é item essencial, pois faz parte da imagem que a sua empresa quer passar ao mercado. Por isso, faça uso de um bom computador, que garanta uma comunicação fluida, uma câmera de boa resolução e um microfone capaz de captar o áudio com clareza.

Outro ponto que não pode ser ignorado é a conexão. No momento de transmitir os eventos, garanta que a sua internet esteja em ótimas condições. Afinal, você não deseja que o seu evento “caia” no meio da transmissão, frustrando os espectadores, não é mesmo?

Por fim, caso queira transmitir algo mais robusto, como um congresso com multisalas, considere contratar uma empresa especializada. Hoje, existem muitas produtoras especializadas em transmissões ao vivo de eventos corporativos, oferecendo câmeras, mesas de som e toda a infraestrutura necessária para um evento de grande magnitude.

 

4. Foque na experiência do usuário

Ao aceitar o convite de um evento online, seus espectadores estão reservando um tempo valioso do dia para conferir o que a sua empresa tem a dizer. Além de conteúdo relevante, todos esperam uma boa experiência naquelas horas ou minutos.

Uma das características dos eventos digitais é quebrar as barreiras geográficas. Use isso a seu favor. Permita que as pessoas interajam, enviando perguntas, dúvidas e comentários sobre o que está sendo transmitido. E responda na hora. Afinal, esse é um dos objetivos do formato online.

Assim, a credibilidade e autoridade dos seus eventos só aumentará e, consequentemente, também a da sua empresa.

 

5. Promova o evento com eficiência

De nada adianta colocar  em prática todos os tópicos acima, se você não divulgar a inscrição para os eventos da forma correta.

Já que o evento é online, use também o meio digital para o intuito. Use e abuse das redes sociais, intensifique ações de e-mail marketing (aqui, vale fazer uma boa gestão do seu mailing e direcionar convites para as pessoas certas, de acordo com o tema do evento) e, caso a sua empresa tenha um blog, divulgue tudo por lá também.

Seguindo essas cinco dicas essenciais, você vai desenvolver um plano de ação matador para suas transmissões. E aí, animado para realizar o seu próximo evento corporativo?

 

Eventos online: 5 dicas essenciais para criá-los na sua empresa
4.9 (98.18%) 11 votes

Related Posts