+55 19 | 2514-9900

7 tecnologias que você ainda pode implementar nos treinamentos em 2019

A transformação digital chegou com tudo, também, nos treinamentos corporativos. Não só os profissionais de T&D têm em mãos um novo e vasto universo de possibilidades, como os colaboradores esperam ser preparados por meio de conteúdos diferenciados, envolventes e, cada vez mais, dinâmicos.

Para tal, ferramentas como as plataformas de LMS – sistemas de gestão de aprendizagem – entregam uma ótima flexibilidade quando o assunto são tecnologias capazes de desenvolver habilidades e competências técnicas e comportamentais.

Pensando nesse cenário, listamos neste artigo os sete principais recursos que você pode introduzir no dia a dia dos treinamentos ainda neste ano, por meio de um sistema de LMS, e elevar a gestão do conhecimento a um novo patamar. Confira a seguir!

1. Aprendizagem móvel

A aprendizagem móvel, ou mobile learning, chegou para ficar. Os motivos são inúmeros: aplicação de treinamentos no próprio celular do aluno, redução de custos com hardware por parte da empresa, flexibilidade no acompanhamento dos conteúdos e muito mais.

Não adianta remar contra a maré. Enquanto todos nós estamos vidrados em nossos smartphones e tablets, nada mais conveniente para um treinamento também estar na tela desses gadgets.

A aprendizagem móvel permite, ainda, que os alunos estudem a qualquer hora, de qualquer local. Sem contar na possibilidade que você terá de personalizar certas trilhas de conhecimento, seja individualmente ou por equipes.

2. Microlearning

Esta modalidade de ensino ganha muita força, inclusive, por conta da ampliação da aprendizagem móvel. Oferecer pílulas de conhecimento, ou seja, blocos menores de conteúdo, podem tornar os treinamentos mais atrativos e menos cansativos.

A falta de tempo dos alunos é a maior aliada do microlearning. Afinal, nos dias de hoje, os profissionais querem e precisam de treinamentos mais curtos, com uma captação ágil de conhecimento.

Opte sempre por essa modalidade de ensino toda vez que necessite desenvolver uma atividade mais pontual, com objetivos rápidos de aplicação na rotina de trabalho.

3. Aprendizagem social

Descentralizar o conteúdo e tornar os profissionais, muitas vezes, os protagonistas dos treinamentos: Esse é o principal trunfo da aprendizagem social, que você pode promover por meio de fóruns, comunidades e vídeos.

Na medida em que os alunos se desenvolvem, podem acelerar o aprendizado de quem ainda não está no mesmo momento. Esse novo olhar para os treinandos permite disseminar conhecimento pela empresa de forma que o clima organizacional melhore, as pessoas se entrosem mais, assim como confere a todos uma visão mais estratégica e comprometida da organização.

Estimulando a aprendizagem social, seus treinamentos podem ganhar novos especialistas.

4. Game Thinking

Muito já se falou de gamificação nos treinamentos, mas o conceito do game thinking vai além. E aqui, vamos extrapolar as dicas atreladas a uma plataforma de LMS.

Pense em trabalhar a criatividade, o engajamento e o lúdico não só por meio dos smartphones e tablets, mas também com simuladores e recursos como a realidade virtual e a realidade aumentada.

É um mindset que a equipe de T&D precisa incorporar quando for pensar em conteúdo. Ao desenvolver materiais e atividades, pense em como estimular aspectos como a colaboração, a competição e a recompensa para os alunos.

5. Vídeos e mais vídeos

Pesquisam apontam que até 2020 os vídeos serão responsáveis por mais de 80% do tráfego da internet. Quer motivo maior para impulsionar suas produções nesse formato nos treinamentos?

O vídeo tem o poder de atrair e reter conhecimento, além de ser mais prático de consumir. Trabalhar com vídeos curtos é uma boa dica aqui. Assim, o aluno se sente confortável em acompanha-los na totalidade, captando tudo o que foi transmitido.

6. Inteligência artificial

Cada vez mais presente na nossa rotina, a inteligência artificial também se faz presente nos treinamentos corporativos. Você pode conferir esse recurso nos chatbots e no ensino adaptativo, ou seja, o conteúdo que se molda, por meio de algoritmos, de acordo com o desempenho de cada aluno.

IA é uma bela tecnologia para tirar dúvidas pontuais de cursos e até de usabilidade da plataforma LMS.

7. People analyitcs

Qualquer treinamento precisa de justificar por meio de métricas, não é verdade? Ou deveria ser assim. Por isso, o people analytics é tão importante. Ele permite mensurar, analisar e divulgar informações a respeito da performance nos funcionários em um sistema LMS. Dessa forma, você pode justificar investimentos em T&D com base em dados, assim como mudar os rumos de algum planejamento ao longo do caminho.

Caso queira saber mais, fale com um especialista

Dorian Larcerda Guimarães
Fundador e CEO da ISat